.::. CHOCOLATE WITH PEPPER [EPs] - Distro

[lado A] Chocolate com...

www.myspace.com/distrorock
» Lançamento: Xubba Musik/Noize

Rafaum Costa [foto], capitão da nave Xubba Musik e membro do Coletivo Noize – dois grupos que engrossam o caldo do empreendedorismo no circuito independente de música em Natal –, é daqueles que acreditam em melhores safras em um futuro bem próximo. Joga no time dos otimistas e ajuda a manter a roda do rock girando aqui pelo RN, tanto que está promovendo shows de dez bandas durante o Xubba Fest / Dosol Drops no próximo dia 12 de dezembro em Mossoró.

Também guitarrista e vocalista da banda Distro, Rafaum e Cia dominam a coluna Ondas Curtas deste sábado ao apresentar dois EPs de uma tacada só: os siameses Chocolate com Pimenta, cada um com três faixas e personalidades distintas. Cantando em inglês, a Distro aposta nos riffs e na pegada grunge eternizada pelo Nirvana nos anos 1990, servindo em duas porções sua versão hard core do cotidiano. Gravados no Estúdio DoSol, e mixados por Dante Augusto e Henrique ‘Geladeira’ Rocha (Noize), os EPs dão conta da proposta de lançar a produção atual da banda, por outro lado deixa brechas para se buscar cada vez mais qualidade técnica no resultado final.

... Pimenta [lado B]

Ao contrário do irmão, o lado B do EP “Chocolate With Pepper” está bem mais ácido e acelerado – fato que acentua a alta freqüência e causa certo desconforto auditivo independente da intensidade (volume) do som. Tímpanos atentos vão vibrar demasiado com os agudos e sentir falta de mais ‘punch’ (vigor) no arremate da masterização. Olhos atentos no encarte também vão verificar que as baterias foram gravadas em outro estúdio por outra pessoa, ou seja, condições que podem alterar a fórmula – ou não, como diria Caetano!

Além de Rafaum Costa nas guitarras, a banda só está completa com a presença de Vinicius Menna (voz e guitarra), Beloni Uchoa (baixo) e Artur Araújo (bateria). O quarteto já experimentou outras formações, outros estilos, alguns fizeram parte de outras bandas, mas sempre orbitaram em torno da Distro desde 2005 – sinal de que a ‘brincadeira’ é séria. A música soa garageira, juvenil, ainda indefinida, que luta para conquistar identidade nesse emaranhado pop-rock-emo-hard. O encarte, criado pelo também conveniado Noize Gustavo Rocha, é atração à parte: traz ilustrações despojadas do mascote tosco que estampa as embalagens da guloseima.

[ link original da crítica na Tribuna do Norte ]


|

0 comentários:

Postar um comentário