www.myspace.com/gilbertoscomebacon
» Lançamento: GRV Discos



Faturar a primeira edição do Festival Universitário de Música em Brasília, com um punk-rock crossover de responsa diga-se de passagem, uma cidade que é berço de nomes como Legião Urbana e Plebe Rude, não é para qualquer time – que o diga Eduardo Cayrã e João Angelini (voz), Luamar Ronan e Fábio Baroli (percussão), André Valente (trompete), Camila Soato (baixo), Moisés Crivelaro (guitarra) e Márcio Mota (bateria): Gilbertos Come Bacon. O disco apresenta dez faixas bem produzidas, recheadas por letras bem humoradas, politizadas, socialmente engajadas e até surreais como “Piolho”, que traz participação especial e espontânea do baiano Tom Zé.

Dá para perceber a origem nordestina no som dos Gilbertos a partir das referências que pontuam todo o trabalho: um misto de zabumbas urbanizadas com guitarras regionalizadas, muita percussão e ótima performance vocal. O octeto chega na cena para temperar o acelerado e rude punk-rock com uma pegada mais tupiniquim.

[ link original da crítica na Tribuna do Norte ]


|

0 comentários:

Postar um comentário